Blog
Cronologia
Questionário
Livro de Visitas
Acerca
Mostrar mensagens com a etiqueta Teorias. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta Teorias. Mostrar todas as mensagens

Meredith Belbin

1981
Meredith Belbin publica o livro "Equipas de Gestão", onde apresenta as conclusões do seu inventário na avaliação comportamental dos indivíduos, enquanto elementos de uma determinada equipa. Essa avaliação inclui um feedback de 360 graus a partir de observadores, bem como a avaliação da própria pessoa acerca do seu comportamento, e contrasta como eles vêem o seu comportamento com a forma como os seus colegas agem.

James Lovelock

1972
James Lovelock sugere a hipótese de Gaia, com base nos estudos de Lynn Margulis. Uma hipótese controversa em ecologia profunda que propõe que a biosfera e os componentes físicos da Terra (atmosfera, criosfera, hidrosfera e litosfera) são intimamente integrados de modo a formar um complexo sistema interagente que mantêm as condições climáticas e biogeoquímicas preferivelmente em homeostase.

Bruce Tuckman

1965
Bruce Tuckman publica a sua teoria acerca do modelo de estágios de desenvolvimento de grupo, inicialmente composto por quatro estágios: Forming (Formação), Storming (Confrontação), Norming (Normatização) e Performing (Atuação).

Peter Higgs

1960
Peter Higgs propõe a quebra da simetria na teoria "eletrofraca", explicando a origem da massa das partículas elementares em geral e, em particular, dos bosões W e Z. O assim chamado mecanismo de Higgs prevê a existência de uma nova partícula, o bosão de Higgs (muitas vezes descrita como "a mais procurada partícula na física moderna"). Identificado pelo CERN, o bosão de Higgs teve a sua existência oficialmente anunciada para o mundo a 4 de julho de 2012. É tido como um ingrediente importante no modelo padrão de partículas físicas, sem a qual as partículas não teriam massa.

Claude Shannon

1948
Claude Shannon publica o importante artigo científico intitulado "Uma Teoria Matemática da Comunicação". Esta teoria foi a primeira a considerar a comunicação como um problema matemático rigorosamente fundamentado na estatística e deu aos engenheiros da comunicação um modo de determinar a capacidade de um canal de comunicação em termos de ocorrência de bits. A teoria não se preocupa com a semântica dos dados, mas pode envolver aspectos relacionados com a perda de informação na compressão e na transmissão de mensagens com ruído no canal.

Abraham Maslow

1943
Abraham Maslow publica a "Teoria das Necessidades Humanas", trabalho que inclui a famosa Pirâmide de Maslow, uma divisão hierárquica onde as necessidades de nível mais baixo devem ser satisfeitas antes das necessidades de nível mais alto. Cada ser humano tem de "escalar" uma hierarquia de necessidades para atingir a sua auto-realização.

Georges Lemaître

1927
Georges Lemaître propõe a Teoria do Big Bang, apesar de lhe ter chamado de "hipótese do átomo primordial". Esta é a teoria cosmológica dominante do desenvolvimento inicial do universo. De acordo com as melhores medições disponíveis em 2010, o "Big Bang" ocorrereu por volta de 13,3 a 13,9 biliões de anos atrás.

Jean Piaget

1927
Jean Piaget cria a Teoria Cognitiva para explicar o desenvolvimento cognitivo humano. Esta teoria tornou-se numa das maiores contribuições para a psicologia do desenvolvimento, pois muitos psicólogos incluindo Piaget tiveram a certeza de que a construção do ser humano é um processo que vai acontecendo ao longo da vida das crianças. As pesquisas de Piaget foram realizadas pela observação dos seus próprios filhos, anotando o seu crescimento diário.

Albert Einstein

1915
Albert Einstein publica a teoria da relatividade geral. Esta generalização tem implicações profundas no nosso conhecimento do espaço-tempo, levando, entre outras conclusões, à de que a matéria (energia) curva o espaço e o tempo à sua volta. Isto é, a gravitação é um efeito da geometria do espaço-tempo.