Blog
Cronologia
Questionário
Livro de Visitas
Acerca
Mostrar mensagens com a etiqueta Medicina. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta Medicina. Mostrar todas as mensagens

Andre van der Merwe

2014
Andre van der Merwe lidera a equipa responsável pelo primeiro transplante de pénis bem sucedido. A sua equipa deu um pénis funcional a um jovem de 21 anos, numa operação que durou mais de nove horas, realizada em dezembro de 2014, mais de três anos depois do homem perder o seu, após complicações resultantes de um ritual de circuncisão.

John Stamatoyannopoulos

2013
John Stamatoyannopoulos lidera a equipa responsável pela descoberta da segunda linguagem contida no ADN, contendo informações que deverão ajudar a clarificar as mutações genéticas presentes nas doenças. Segundo o estudo recente, o genoma usa o código genético para "escrever" duas linguagens em simultâneo: além da que permite comandar o fabrico de proteínas, uma outra – a agora revelada – dá as instruções às células para determinar o controlo dos diferentes genes.

Harald zur Hausen

2006
Harald zur Hausen descobre o vírus do papiloma humano (HPV), vírus sexualmente transmissível, associado ao desenvolvimento do carcinoma do colo do útero, verrugas e outras patologias anogenitais. Pelos seus estudos nesta matéria, Hausen foi galardoado com o prémio Nobel da Fisiologia/Medicina em 2008.

Alan Handyside

1989
Alan Handyside efectua o primeiro Diagnóstico Genético Pré-Implantatório, um método de diagnóstico pré-natal utilizado em técnicas de reprodução medicamente assistida e que visa prevenir a transferência de embriões portadores de graves doenças genéticas (como é o caso da doença dos pezinhos ) ou cromossómicas (como é o caso da trissomia 21 ).

Bert Vogelstein

1989
Bert Vogelstein descobre a função da proteina P53, fundamental nos organismos multicelulares, onde regula o ciclo celular e, portanto, funciona como um supressor tumoral, prevenindo o cancro. Como tal, a P53 tem sido descrita como "a guarda do genoma" devido ao seu papel na conservação da estabilidade, evitando a mutação do genoma. Assim TP53 é classificado como um gene supressor de tumor. Esta foi uma importante descoberta para o desenvolvimento da luta contra o cancro.

Luc Montagnier

1983
Luc Montagnier (na foto) e Françoise Barré-Sinoussi (ambos investigadores do Fundação Pasteur), descobrem o vírus da imunodeficiência humana (VIH-HIV), que está na origem do Síndrome da Imunodeficiência Adquirida (SIDA). Esta importante descoberta iría galardoar ambos os investigadores com o prémio Nobel da Fisiologia/Medicina em 2008.

Christiaan Barnard

1967
Christiaan Barnard lidera a equipa responsável pelo primeiro transplante de coração. Louis Waskansky, de 53 anos, foi o primeiro homem a receber o coração de um estranho. O órgão transplantado, numa operação de 5 horas, era de uma jovem de 25 anos, que tinha morrido num acidente. Mas Waskansky faleceu 18 dias depois da cirurgia histórica, em consequência de uma infecção pulmonar.

Carl Djerassi

1951
Carl Djerassi (na foto), Luis Miramontes e George Rosenkranz criam a primeira pílula anticoncepcional, uma combinação de estrogénio e progestageno, administrada oralmente para inibir a fertilidade normal da mulher.

Hilary Koprowski

1950
Hilary Koprowski desenvolve a primeira vacina de vírus atenuado efetiva contra a poliomielite.
Esta vacina reduziu em muito o número global de casos da doença por ano. Koprowski continuou a trabalhar na vacina ao longo da década de 1950, liderando grandes ensaios clínicos no Congo Belga e a vacinação de sete milhões de crianças na Polónia contra os sorotipos PV1 e PV3 entre 1958 e 1960.