Blog
Cronologia
Questionário
Livro de Visitas
Acerca
Mostrar mensagens com a etiqueta Descobrimentos. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta Descobrimentos. Mostrar todas as mensagens

James Cook

1768
James Cook comanda a primeira expedição científica pelo Pacífico que tinha como objetivo observar o trânsito de Vénus. Durante a viagem, descobre o arquipélago que batiza de Ilhas Sociedade, na Polinésia Francesa, e mapeia toda a Nova Zelândia. No regresso, oficializa a descoberta da Austrália, reclamando o vasto continente para a coroa britânica, a 21 de agosto de 1770. Em 1772, Cook parte para nova circunavegação ao comando das naus Resolution e Adventure. Durante esta viagem chega à mais baixa latitude ao sul alcançada até então, cruzando pela primeira vez o Círculo Polar Antártico. Esta viagem resultou na descoberta das Ilhas Cook.

Jakob Roggeveen

1722
Jakob Roggeveen descobre a Ilha da Páscoa. Roggeveen atravessou o Pacífico partindo do Chile em três grandes navios europeus, e após dezassete dias de viagem desembarcou na ilha num domingo de Páscoa, daí o seu nome, que permanece até hoje.

Abel Tasman

1642
Abel Tasman foi o primeiro europeu a avistar a Tasmânia, o qual chamou a ilha de Anthoonij van Diemenslandt em homenagem a seu patrocinador, o Governador-geral das Índias Orientais Holandesas. O nome foi mais tarde encurtado para Terra de Van Diemen pelos britânicos. Tasman foi também o primeiro a chegar à Nova Zelândia, numa viagem que tinha por objectivo a descoberta da Austrália. Em sua homenagem, alguns lugares receberam seu nome: a ilha de Van Diemen's Land recebeu o nome de Tasmânia, o Mar da Tasmânia entre a Austrália e a Nova Zelândia e um parque nacional na Nova Zelândia.

Willem Janszoon

1606
Willem Janszoon realiza a primeira viagem documentada à costa da Austrália, no Golfo de Carpentária. No dia 26 de Fevereiro, Janszoon chega a terra firme perto do rio Pennefather na costa ocidental do Cabo York, em Queensland, perto da cidade moderna de Weipa. Este é o primeiro desembarque registado por um europeu no continente australiano.

Pedro Fernandes de Queirós

1606
Pedro Fernandes de Queirós alcança as ilhas posteriormente designadas por Novas Hébridas e agora sendo a nação independente de Vanuatu. Queirós aportou numa grande ilha que considerou ser parte do tal continente a sul que procurava, a que chamou de Terra Austral ou Austrália do Espírito Santo. A ilha, uma das maiores do arquipélago de Vanuatu, ainda se chama actualmente Ilha do Espírito Santo.

John Davis

1592
John Davis foi provavelmente o primeiro europeu a pisar a terra firme das ilhas Falkland (Malvinas) a bordo do navio Desire. A sua tripulação foi obrigada a matar, para alimentar-se, cerca de 24 000 pinguins. Armazenaram toda carne de pinguim que conseguiram e fizeram o regresso a casa, mas a carne ao chegar aos trópicos apodreceu, o que fez com que o regresso fosse terrível e desastroso, voltando apenas 14 dos seus 76 homens.

Francisco de Orellana

1541
Francisco de Orellana integra numa expedição de Gonzalo Pizarro e explora o rio Napo; em seguida, prossegue com alguns homens até ao vale do rio Amazonas, tendo sido o primeiro a percorrer integralmente o curso deste rio, desde os Andes ao oceano Atlântico. Ao regressar a Espanha, relatou ao rei a viagem, e conseguiu dele a concessão das terras que tinha descoberto.

Jacques Cartier

1534
Jacques Cartier descobriu a Ilha do Príncipe Eduardo, a Ilha Anticosti, o Rio São Lourenço e também a região de Hochelaga (actual Montreal), habitada pelos Wendats e outras tribos. Por causa das suas viagens, a França ainda está presente na região leste do Canadá até aos dias de hoje. O Estreito de Jacques Cartier recebeu o seu nome em sua homenagem.